Agrorobótica é selecionada para a etapa final da Pontes para Inovação da Embrapa e Cedro Capital

A Agrorobótica está na etapa final da chamada Pontes para Inovação, que selecionou 7 empresas para receber aporte de até R$ 5 milhões

A chamada Pontes para Inovação, criada pela Embrapa e Cedro Capital, chega a sua etapa final e seleciona sete agritechs, dentre elas a Agrorobótica, que poderão receber um aporte de até R$ 5 milhões. Os nomes das empresas selecionadas serão divulgados em evento no dia 26 de janeiro, a partir das 10 horas, na Sede da Embrapa em Brasília.

Ao todo, foram registradas 38 inscrições de empresas e startups interessadas em receber recursos para expandirem seus negócios. Dessas, dezessete (45%) passaram para segunda etapa de classificação e sete (18%) chegaram à fase final. As finalistas apresentarão seus negócios durante o evento.

“De forma geral, tivemos um volume de inscrições satisfatório e a qualidade das propostas superou nossas expectativas. Estamos bastante otimistas quanto a essa etapa final”, ressalta Alessandro Machado, sócio da Cedro Capital.

Lançada em setembro de 2017, o objetivo da chamada é o de identificar empresas parceiras da Embrapa na adoção e desenvolvimento de tecnologias para o agronegócio, para que possam acelerar seus negócios por meio do aporte de capital de Fundo de Investimento e, consequentemente, ampliar o impacto das tecnologias da Embrapa no mercado.

Para o chefe da Secretaria de Negócios da Embrapa, Vitor Hugo de Oliveira, trata-se de uma experiência inédita de aproximação da Embrapa com o ecossistema de inovação brasileiro: “Essa chamada abre uma nova fase na Empresa, na qual a instituição se coloca também como elo de aproximação de agentes financiadores e das empresas parcerias, ampliando a capacidade de que estas empresas possam impactar positivamente o mercado com tecnologias da Embrapa. O evento, que ocorrerá em Brasília, será uma forma de conhecer de perto alguns desses parceiros e seus modelos de negócios com as tecnologias desenvolvidas pela Embrapa”.

A avaliação das empresas considerou a aderência das propostas com as pesquisas desenvolvidas pela Embrapa, potencial e oportunidades de mercado, diferencial e competitividade do negócio, bem como o grau de maturidade das tecnologias para adoção pelo mercado e possíveis impactos social, econômico e ambiental.

Etapa final da chamada Pontes para Inovação
Data: 26 de janeiro de 2017
Horário: 9h30 – café da manhã de boas-vindas / 10h – Abertura e cerimônia
Local: Edifício Sede da Embrapa, Bloco D, Parque Estação Biológica – PqEB, Brasília-DF
Transmissão ao vivo pelo Facebook: https://www.facebook.com/embrapa/

Fonte: Embrapa